Efeito Estufa – O que é? O que Causa? Quais as principais consequências?

O efeito estufa é um fenômeno que ocorre de maneira natural, causado pela concentração de gases na atmosfera terrestre, formando uma camada que possibilita a manutenção do calor próximo à superfície da Terra.

Graças ao efeito estufa, a Terra é um planeta com temperatura ideal para a vida. Se ele não existisse, o planeta seria frio em demasia, impossibilitando a existência de vários seres.

O que causa o efeito estufa?

A formação de uma camada de gases na atmosfera é responsável por causar o efeito estufa. Esses gases permitem a passagem dos raios solares, de maneira a aquecer a superfície terrestre e irradiar calor.

E quais seriam esses gases do efeito estufa?

A lista traz diversas opções conhecidas e outras menos famosas. Saiba, a seguir, quais são eles e suas principais fontes de emissão:

  • CO (Monóxido de Carbono): produto da queima de materiais ricos em carbono, como petróleo e carvão;
  • CO2 (Dióxido de Carbono): produzido durante a queima de combustíveis fósseis, bem como de florestas e carvão mineral, utilizado na área industrial;
  • Vapor de água: encontrado naturalmente e em suspensão na atmosfera;
  • SO2 (Dióxido de Enxofre): gás formado pelo enxofre e oxigênio, sendo altamente tóxico. É produzido, geralmente, pelas indústrias de explosivos e química;
  • CFC (Clorofluorcarbonos): composto com carbono, flúor e cloro, que é emitido por sistemas de refrigeração e aerossol;
  • NOx (Óxido de Nitrogênio): combinação de nitrogênio e oxigênio, é um gás bastante utilizado em motores de combustão, caldeiras, entre outros, em indústrias químicas, por exemplo;
  • CH4 (Metano): trata-se de um gás naturalmente expelido na digestão de animais herbívoros (gado), extração de combustível fóssil e decomposição do lixo.

Como se forma o efeito estufa

Fica mais fácil compreender o efeito estufa separando esse fenômeno por etapas. Confira, a seguir, como ele é formado, considerando diferentes e principais fases:

  • A radiação do sol passa pela camada de gases do efeito estufa, atinge a superfície terrestre e é retida naturalmente;
  • Tal radiação é absorvida pela superfície da Terra e convertida em calor;
  • Como é leve, o calor sobe a camadas superiores da atmosfera;
  • Parte do calor é dissipado no espaço e o restante é mantido na superfície terrestre, mantendo-a sempre aquecida. A responsável por manter esse calor é a camada de gases do efeito estufa.

Principais consequências do efeito estufa

O efeito estufa é um fenômeno um tanto controverso: existe quem o trate como vilão e como amigo. Na realidade, ele é benéfico, porque possibilita que a Terra se mantenha em uma temperatura ideal para que haja vida.

O que acontece atualmente é que esse fenômeno foi alterado pelo homem, com maior liberação de gases do efeito estufa na atmosfera, graças a atividades industriais, agropecuárias, uso contínuo de veículos movidos a combustíveis fósseis, entre outros.

Com isso, a camada de gases do efeito estufa se tornou maior e mais resistente, ou seja, o calor não consegue se dissipar no espaço e é mantido na superfície terrestre. Para os cientistas e pesquisadores, essa é a origem do aquecimento global.

A estimativa de especialistas é que se a população não reduzir a produção dos gases do efeito estufa, no período de 2025 a 2050 a temperatura normal da Terra terá uma elevação de até 5 graus Celsius.

Tal aumento da temperatura pode trazer resultados catastróficos, como o derretimento de massas de gelo polares, de modo a aumentar o nível do mar e causar a imersão total de cidades litorâneas.

Há, também, a possibilidade de aumentar a ocorrência de desastres naturais, como furacões. Espécies da fauna e flora podem entrar em extinção e o solo entrar em um processo de desertificação, o que dificultaria a agricultura, produção de alimentos e manutenção da vida nesse espaço.

Além disso, vale lembrar que essa maior concentração de gases poluentes na atmosfera provoca a chuva ácida, que gera a acidificação de solos, lagos e rios, chegando a destruir a vegetação e plantações.

Para evitar esses problemas, algumas medidas de cunho internacional vêm sendo adotadas. Uma delas é a assinatura do Protocolo de Kyoto, que é um tratado internacional.

A principal finalidade desse tratado é que os países desenvolvidos assumam e cumpram a redução da emissão de gases que agravam o efeito estufa, para minimizar o risco de ter um aumento do aquecimento global.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply